Seguidores

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Afastem-se do agressor

Algumas mulheres fecham os olhos e beijam sapos, tentando transformá-los em príncipes, mas não percebem que estão a beijar cascavéis.


Mulheres, ao primeiro sinal de que seu companheiro é violento, não tenham dúvidas: AFASTEM-SE.
Quem conhece o criminoso que mora em sua casa, ou quem você se relacionou é você: MULHER.
Algumas mulheres ficam questionando, mas se eu sair de casa vou perder tudo, vou perder a minha casa, vou perder a guarda dos meus filhos, vou precisar mudar de endereço, mudar de emprego, ou seja, ele é o criminoso e sou eu a penalizada?
Pois é,  o mundo é cruel e não adianta culpar os homens, o mundo é violento e nós humanos, estamos aqui para tentar melhorar um pouco a nossa história.
Planetas colidem com planetas, cometas causam destruição, asteróides destroem vidas e até planetas, estrelas engolem outras estrelas, galáxias engolem galáxias, sem falar nos animais onde a lei da selva é preciso matar para sobreviver. Lobo-mau não sobrevive comendo alface.
Tentando melhorar um pouco nossa história e quem sabe continuar caminhando em direção à civilização, é que eu recomendo: AFASTEM-SE DO AGRESSOR, não importa como, AFASTEM-SE.
A Drª Ana Beatriz Barbosa Silva em seu livro Mentes Perigosas recomenda: O único método verdadeiramente eficaz de lidar com o psicopata é mantê-lo longe, bem longe de você. (Pag. 184, dica 11)
A jornalista Vera Mattos também recomenda: Ao primeiro tapa diga: ADEUS!


Neste mês de Julho de 2010 estamos lamentando a morte de três mulheres assassinadas. Assassinatos que nos chocam profundamente, mas um estudo organizado pelo Instituto Zangari aponta que dez mulheres são assassinadas por dia no Brasil.
Vou me concentrar no assassinato destas três mulheres, por serem de conhecimento de qualquer brasileiro minimamente informado.
Vou começar meu relato pelo assassinato da médica, morta a facada em Torres no Rio Grande do Sul.


A médica


Em 24/11/09: Ela fez esta postagem no Orkut
Se tiver que levar a Lei Maria da Penha adiante (teve ordem de prisão pra ele) pra ele entender que eu sou gente e tenho vida, filhos e sentimentos, vou até o fim!!
Eu recomendei que procurasse o foro, os promotores, os advogados e continuasse o processo contra o agressor. Até então eu não conhecia os detalhes do caso. Depois cheguei à conclusão que ela só queria usar a lei Maria da Penha para provar que ela era gente e merecia ficar com ele. Ou seja, queria fazer uma troca, retirava a queixa desde que ele ficasse com ela.
Em 27/11/09 ela perguntou:
- Que eu faço??? Fui ainda atrás dele há duas semanas???? E ele diz que quer me desfigurar??? Eu não sei pq não consigo ter medo, a única coisa que sinto é trsiteza!!! Uma tristeza sem tamanho!!!
Eu respondi:
- Procurou ele por quê?
Você é médica, conhece muito bem a anatomia humana, todos os homens são iguais, a diferença está na atenção, no carinho que um homem te proporciona, se ele te machuca, então não é carinho.
ACREDITE: existem homens que gostam de ver uma mulher FELIZ!, realizada e felizmente somos a MAIORIA.
Algumas coisas a gente aprende observando a natureza e na semana passada observando um João de Barro construindo sua casa e namorando a Joana de Barro, então pensei: que belo exemplo para nós homens, você precisa ver como ele trata a fêmea dele: SÃO PARCEIROS!
Novamente eu pergunto: Procurou ele por quê?
Esquece ele...
No mundo existem mais 3 bilhões de homens para você escolher, para te amarem, te fazerem feliz.
O resto da história da médica vocês conhecem, o caso que começou na internet, no Orkut, acabou em tragédia na cidade de Torres, no litoral norte do Rio Grande do Sul. A médica paulista, 40 anos, foi esfaqueada diversas vezes até a morte. A médica morreu por amar demais, sem ser correspondida.




A advogada


Outra história trágica envolve uma advogada que desapareceu e foi encontrada morta, boiando nas águas de uma represa. Tudo indica que esta advogada foi morta por seu ex-companheiro e sócio no escritório de advocacia. Tudo indica que o crime foi cometido por alguma coisa que a advogada sabia sobre ele e ele não queria que fosse revelado.


A modelo


A mais trágica e macabra de todas envolve uma modelo e atriz, mãe de um filho pequeno que pedia pensão ao pai do filho, mas também neste caso tudo leva a crer que o motivo maior para o crime foi o fato de ela conhecer os segredos de seu ex-companheiro e dos amigos do ex.


Três assassinatos, três vidas perdidas, três pessoas que não conseguiram ficar longe do agressor.
Tal como a mariposa que se apaixona pelo fogo e morre queimada, a médica voou ao encontro ao seu grande amor, mas só encontrou a morte.
A advogada tentou se livrar do ex-companheiro, mas havia algo na relação dos dois que os unia.
A modelo tinha um filho e a vontade de obter algum dinheiro para bancar as despesas.
Nós não conseguimos mudar o passado, mas podemos aprender as lições do passado e tentar evitar a repetição das tragédias.
As fábulas nos ensinam muito coisa e por vou contar uma delas.


A fábula do sapo e o escorpião
Certa vez, um escorpião aproximou-se de um sapo que estava na beira de um rio.
O escorpião vinha fazer um pedido:
"Sapinho, você poderia me carregar até a outra margem deste rio tão largo?"
O sapo respondeu: "Só se eu fosse tolo! Você vai me picar, eu vou ficar paralisado e vou afundar."
Disse o escorpião: "Isso é ridículo! Se eu o picasse, ambos afundaríamos."
Confiando na lógica do escorpião, o sapo concordou e levou o escorpião nas costas, enquanto nadava para atravessar o rio.
Quando estavam quase na margem do rio, o escorpião cravou seu ferrão no sapo.

E o escorpião, enquanto saltava para a margem respondeu: "Por que sou um escorpião e essa é a minha natureza."


Ainda sobre fábulas do reino animal eu diria que algumas mulheres fecham os olhos e pensam estar a beijar sapos tentando transformá-los em príncipes, mas não percebem que estão a beijar cascavéis.


Meditando sobre os três casos eu reafirmo: AFASTEM-SE, fiquem do agressor, se preciso for, larguem tudo, deixem tudo para trás, carros, caras, dinheiro, vida confortável, larguem tudo, pois é melhor viver debaixo do viaduto que ganhar uma sepultura no cemitério e no caso da modelo, parece que nem isto ele conseguiu.


Em nosso país existem leis, existe polícia, existe todo um sistema judiciário que podem ajudá-las, estes atores de controle social poderiam ser mais eficientes, porém a maioria das vítimas não procuram a polícia e a justiça, prestam atenção, depois do boletim de ocorrência é preciso fazer a REPRESENTAÇÃO e ir ao foro para dar continuidade ao processo. Para ajudar na   decisão de se afastar do agressor, vou abordas alguns temas recorrentes na difícil hora da separação.


Abandono de lar
Muitas pessoas ainda acreditam que existe esta famigerada lei que previa o abandono do lar, posso afirmar a todas vocês este dispositivo do código civil caducou e já estava em desuso, mesmo antes de ser revogado.


Bens do casal
Nossa lei prevê que tudo que foi comprado, ou construído depois que o casal está junto, será repartido em partes iguais entre o homem e a mulher.




Guarda dos filhos menores
Normalmente a guarda dos filhos será da mulher.



Pensão alimentícia para os filhos
A justiça não quer saber de discussão, basta que a mulher peça, para que o juiz determine o pagamento imediato da pensão aos filhos, mas existe o vice-versa, se o homem for o responsável pela guarda das crianças, então a mãe deverá pagar.


Pensão alimentícia para a esposa
Está prevista na lei Maria da Penha, porém depende da comprovação da necessidade.


Texto de José Geraldo da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário