Seguidores

domingo, 8 de dezembro de 2013

A dependente do tablet e as duas crianças

 Dificilmente cometo o pecado de comer em restaurantes, pois sou alérgico a glutamato monossódico e estes templos da gula, quase sempre, nos envenenam com realçador de sabor,  hoje excepcionalmente, atendendo convite de meu filho, fui almoçar em restaurante que serve "costela no bafo", não me perguntem se o bafo era de pinga ou de cerveja, só sei que a costela e os acompanhamentos estavam deliciosos e provavelmente não foram temperados com o glutamato monossódico, prova disto é que ainda estou vivo, escrevendo estas linhas.

Mas, eu quero mesmo é falar de outra coisa: a dependência do TABLET, ou eu em bom português, a dependência da tabuleta eletrônica.

Uma senhora com seus oitenta e muitos quilos sentou-se à mesa em frente à mesa em que eu estava, ou seja ela estava naquela posição em que é impossível não olhar... , para completar o quadro, minha esposa em seus quarenta e nove quilos chamou-me a atenção para o fato da senhora usar o tablet enquanto almoçava ...

Bom, daí para frente, não pude resistir e fiquei a observar ...

A senhora com seus oitenta e muitos quilos estava acompanha de duas meninas, provavelmente filha e prima, ou filha e amiga da filha, bom, enquanto as meninas, aparentando ter uns seis anos de idade, almoçavam, ela lia e teclava na tabuleta eletrônica.
Sem querer olhar, mas impossível evitar, fiquei ali  olhando e tabuleta acomodada na mesa e a gorda lendo e digitando enquanto almoçava sem dar atenção às duas meninas.

Neste momentos os pensamentos voavam e as perguntas também, se vocês me permitem vou tentar resumir os pensamentos e as perguntas que não querem calar:
- O assunto no tablet era tão importante assim?
- Seria mais importante que a companhia das duas meninas?
- Almoçar lendo e digitando na tabuleta eletrônica é mais importante que viver?
- O mundo real e as meninas não importam, o que importa é aquela tabuleta?
- Será que ela estava verificando meu perfil no LULU?
- Espero que não!
- E sinceramente espero que o LULU informe que tenho apenas um centímetro de equipamento.