Seguidores

sábado, 19 de maio de 2012

03: 32 Três horas, trinta e dois minutos, madrudada de sábado

Piada do dia: Conte sempre com a polícia militar.  

Acordei às 2:50 com o sol alto de um carro que, nas proximidades da minha casa, fazia um baile no meio da rua.

Visto minha roupa por cima do pijama, saio na rua para inteirar da situação, que na verdade eu já sabia  qual seria, pois esta "rave" já acontece faz alguns anos.
Da casa onde moro até a esquina são 50 metros, vejo vejo umas trinta pessoas, homens e mulheres se divertindo com copo na mão, alguns com embalagens de pizza, até algumas mesinhas servem de apoio para garrafas de bebidas, refrigerantes e bebidas alcoólicas, passo em frente ao carro barulhento que ainda estava com ligado tocando umas músicas que o capeta usa torturar as almas que estão no inferno. 
Minha intenção principal era verificar se existia algum estabelecimento comercial aberto, bar restaurante, mas felizmente ou infelizmente todos estavam fechados.
- Infelizmente?  como assim cara-pálida, você queria que nesta hora da madrugada ainda houvesse algum bar aberto na sua vizinhança?
- Sim, infelizmente pois é fácil punir um estabelecimento comercial legalizado, mas é impossível controlar os sem CNPJ, bom exemplo é o pessoal do MST, nosso estado é impotente contra os marginais, aqueles que vivem à margem da lei, à margem da regulamentação, à margem dos registros oficiais para cobrança de impostos.
Em meu passeio de observação verifiquei também o motivo de tanta alegria: as drogas.
As pessoas usam crack, maconha, cocaína, toda e qualquer substância que possa dar algum alívio a estes despossuídos de alma, pois ela já pertence ao diabo.
Às 3:17 ligo para o telefone 190 da polícia, um soldado me atende educadamente, eu comunico que o som do carro não me deixa dormir, ele responde que anotou e que será feito uma averiguação.
O policial encerra a conversa com o bordão: Conte sempre com a polícia militar.

Meus vizinhos relatam que também ligam para a polícia, mas nada acontece, ou melhor continua acontecendo os marginais continuando sua vida de marginais, incomodando pessoas como eu e minha família que temos que trabalhar para ganhar nosso sustento e para pagar os altos impostos embutidos em tudo que compramos.
Às 3:32 resolvo escrever estas linhas, sei que não vou mais conseguir dormir.
Ainda bem que hoje é sábado e não preciso ir para o trabalho, mas durante o dia, o corpo vai reclamar da falta de sono.


Boa noite para quem conseguir dormir.
Agora são 4:13, vou apertar o link publicar.


PS: 22:43 do mesmo dia
 hoje, durante o dia, conversei com vários vizinhos e vizinhas que relataram terem ligado para o telefone 190 e eles alegaram que não tinham viaturas disponíveis.
Meu palpite é que eles querem que a população se exploda!
Só atendem ocorrências gravíssimas para que não sejam processados por negligência! Falei e disse!
O som foi desligado por cansaço do idiota barulhento, os nóias foram embora também por cansaço e sono e a PAZ retornou à minha rua, por enquanto, mas a viatura da PM e os PMs não apareceram.  

Um comentário:

  1. o pior é ouvir: conte com a policia militar e saber que é a mais pura mentira.. ela não vem!!!
    o 190 mente? sim! ontem o pessoal não pode contar com o serviço da polícia

    ResponderExcluir