Seguidores

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Jobim reconhece influência de ONGs na Raposa do Sol

Jobim culpa ONGs por discurso alarmista e diz que índios querem Exército na Raposa

O ministro Nelson Jobim (Defesa) disse nesta sexta-feira que as comunidades indígenas da reserva Raposa/Serra do Sol (em Roraima) apóiam a presença do Exército na região.

Jobim acusou ONGs (Organizações Não-Governamentais) de espalharem o discurso de que a presença militar na localidade inflamaria os índios, elevando o clima de tensão na reserva.
"Esse discurso de que a presença das Forças Armadas dentro da circulação das reservas indígenas é prejudicial é um discurso de ONGs. Isso não é um discurso de índio. Índio não pensa assim", afirmou Jobim, após encerrar seminário sobre a concessão de aeroportos, no Rio.

Jobim ressaltou que conhece a fundo as reservas indígenas do país, devido ao seu trabalho à frente do Ministério da Justiça, em 1995. Por isso, garantiu que os índios têm absoluta tranqüilidade em relação à presença de militares na região.

"Há um motivo muito simples: 80% do efetivo do Exército amazônico é de indígenas", disse.
O ministro confirmou que o Plano Estratégico de Defesa foi aprovado ontem à noite, e será lançado no próximo dia 18.

Texto de CIRILO JUNIOR na Folha Online

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u478688.shtml

Meu comentário: os brasileiros, já sabíamos disto, parece que o ministro agora está a aprender

Nenhum comentário:

Postar um comentário