Seguidores

terça-feira, 8 de julho de 2008

Atendimentos a vítimas de acidente de trânsito caem 55% em SP com 'lei seca'

Atendimentos a vítimas de acidente de trânsito caem 55% em SP com 'lei seca'

Nova resolução proíbe motoristas de dirigirem sob efeito de álcool.

Foram 114 atendimentos no 1º fim de semana, contra 51 no último.

Um levantamento da Secretaria de Estado da Saúde feito em três grandes hospitais de São Paulo e divulgado nesta terça-feira (8) mostra que o atendimento a vítimas de acidentes de trânsito caiu 55% após a implantação da chamada ‘lei seca’. A nova regra proíbe dirigir sob efeito de álcool.

No primeiro fim de semana da nova lei, entre os dias 20 e 22 de junho, os hospitais realizaram 114 atendimentos a vítimas de acidentes, contra 51 registrados nos dias 4, 5 e 6 de julho. No último fim de semana de junho, entre os dias 27 e 29, foram 92 atendimentos nesses hospitais considerados referência em tratamento de acidentados.
Quinze pacientes foram atendidos no último fim de semana no Hospital Estadual do Mandaqui, na Zona Norte, contra 42 no anterior e 45 no primeiro fim de semana de vigor da regra. Já o Hospital Regional Sul, em Santo Amaro, na Zona Sul da cidade, atendeu nove vítimas de acidentes neste fim de semana, contra 36 entre os dias 20 e 22 de junho.

O Hospital das Clínicas, na Zona Oeste, atendeu 27 pacientes entre os dias 4 e 6 de julho. O número é superior aos 24 atendimentos do fim de semana anterior, mas inferior aos 33 registrados no primeiro da nova lei.

Em vigor desde o último 20 de junho, a nova resolução proíbe o consumo de qualquer quantidade de bebidas alcoólicas por condutores de veículos. Antes, era permitida a ingestão de até 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

Do G1
http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL639428-5605,00-ATENDIMENTOS+A+VITIMAS+DE+ACIDENTE+DE+TRANSITO+CAEM+EM+SP+COM+LEI+SECA.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário