Seguidores

sábado, 11 de outubro de 2008

Mães participam de 'maratona' de amamentação pelo mundo

Objetivo é esclarecer sobre os benefícios de dar de mamar.

Evento ocorre em meio a suspeitas causadas por leite chinês contaminado.















Mães amamentam em subúrbio de Manila, capital filipina. O objetivo da 'maratona' era esclarecer as mães sobre os benefícios da amamentação, em meio ao medo provocado pela suspeita de que leite chinês contaminado com melamina tenha provocado pedras nos rins e até morte de crianças. (Foto: AFP)
















Mães amamentam seus filhos em estádio em Paris neste sábado (11). O evento fez parte de uma 'maratona' sincronizada de amamentação em diversas cidades do mundo. (Foto: AFP)




Aleitamento materno previne obesidade em crianças
Pediatra recomenda que mãe amamente até os seis meses do filho.
Alimentação exclusiva com leite regula o organismo da criança.

A alimentação exclusiva com leite materno durante os seis primeiros meses de vida da criança é recomendada por pediatras e pela Organização Mundial de Saúde como forma de garantir a proteção do bebê contra doenças. Mas há outro fator importante ligado a essa prática. Filhos amamentados por esse tempo têm menor risco de virarem crianças, e depois adultos, obesos.

“O aleitamento materno é uma maneira importante de evitar a obesidade em crianças”, lembra o pediatra Fábio Ancona, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), por ocasião do Dia Mundial de Combate à Obesidade, celebrado neste sábado (11).

“Quando a criança é amamentada, ela recebe a quantidade de calorias que o organismo dela precisa – não a que a mãe ‘acha’ que ela precisa”, explicou Ancona ao G1. “Isso é essencial para a regulação do metabolismo do bebê. O corpo aprende o quanto de energia ele precisa absorver para dar conta dos seus gastos de energia”, diz o médico.

Quando qualquer pessoa consome mais calorias do que o seu corpo gasta de energia, elas são armazenadas em forma de gordura. “É uma equação simples”, afirma Ancona. “E na primeira vez que o corpo começa a armazenar gordura, sempre que ela se perder, as células vão mandar um aviso para o cérebro que diz: você precisa comer mais”, explica. É por isso que o combate à obesidade é algo que dura uma vida inteira.

Do G1
http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL794652-5602,00-MAES+PARTICIPAM+DE+MARATONA+DE+AMAMENTACAO+PELO+MUNDO.html

http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL794427-5603,00-ALEITAMENTO+MATERNO+PREVINE+OBESIDADE+EM+CRIANCAS.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário