Seguidores

sábado, 2 de maio de 2009

Mudança demográfica será alívio

Com mais jovens e adultos para trabalhar, e menos crianças e idosos para serem cuidados, abre-se uma oportunidade única (que não se repetirá) para que essa população acumule renda e gere riquezas para o país.

O Brasil chegou nesta década ao seu pico em número absoluto de jovens. Esse contingente, que só fez crescer até o século passado, passará a diminuir a partir da próxima década, segundo as estimativas oficiais do IBGE.
Essa constatação gera um desafio para as políticas públicas brasileiras: dar opções de estudo ou emprego para 34 milhões de brasileiros -18% da população em 2009.
Mas, onde muitos veem apenas problemas, outros enxergam oportunidades. Por causa justamente do aumento da população em idade ativa, as condições para o crescimento per capita nunca foram tão favoráveis no Brasil.
O país vive hoje um período chamado por demógrafos de bônus demográfico, uma etapa em que a população em idade ativa é muito superior à de crianças e idosos.
Com mais jovens e adultos para trabalhar, e menos crianças e idosos para serem cuidados, abre-se uma oportunidade única (que não se repetirá) para que essa população acumule renda e gere riquezas para o país.

Texto de Antonio Gois na Folha de São Paulo de 02/05/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário