Seguidores

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Aposentadoria pode ter tempo de contribuição maior

O ministro Luiz Marinho (Previdência) disse ontem, em São Paulo, que o aumento no tempo de contribuição para a aposentadoria será incluído no projeto de reforma previdenciária que o governo está preparando. A mudança entrará no projeto mesmo se não for consenso entre os participantes do Fórum Nacional da Previdência Social, que desde fevereiro discute os temas da reforma.
Hoje, para se aposentar por tempo de contribuição, é preciso pagar o INSS por 35 anos (homens) ou 30 anos (mulheres). O ministro não quis dizer para quanto subirá o tempo de contribuição e afirmou que o projeto será apresentado ao presidente Lula no próximo mês, antes de seguir para o Congresso.
O presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Artur Henrique, que participa do fórum, é contra o aumento no tempo de contribuição ao INSS. " Se o governo incluir essa alteração, vamos até o Congresso para derrubá-la", disse.
O governo também defende a substituição do fator previdenciário, índice redutor dos benefícios, pela criação de uma idade mínima.

Juca Guimarães no Jornal Agora

Meu comentário: quando os "companheiros" estavam na oposição "defendiam" os trabalhadores, mas agora que os trabalhadores otários colocaram os "companheiros" no poder, eles, o "companheiros" querem que pobre se exploda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário